Castas

A Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRPS) avalia e controla a produção dos vinhos da região. Consoante a origem, as castas e as características do vinho este pode ser classificado como:

  • Denominação de Origem Palmela (D.O. Palmela);

  • Denominação de Origem Setúbal (D.O. Setúbal);

  • Indicação Geográfica Península de Setúbal (I.G. Península de Setúbal (Vinho Regional)).

CASTAS PORTUGUESAS

Descrição das castas brancas e tintas Portuguesas: a sua origem e sinomínia, a sua descrição e caraterização morfológica, a aptidão cultural e agronómica, a potencialização tecnológica e a seleção clonal.

Os dados foram gentilmente cedidos pelo Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV).

A Associação Portuguesa para a Diversidade da Videira (PORVID) disponibilizou o Catálogo de Clones Selecionados 2018, com informação detalhada de 150 clones de 24 castas de videiras autorizadas para cultivo e produção de vinho em Portugal, selecionados e registados em seu nome.

​Pela primeira vez, os viticultores podem realizar as suas escolhas dispondo de informação sobre ganhos genéticos proporcionados pelos clones selecionados e estabilidade ambiental desses ganhos, suportados em detalhada informação técnica sobre os estudos e ensaios de campo realizados

​​

​​R. D. João de Castro, 12 Loja

2950-206 Palmela

Portugal

 

09:00H - 12:30H

14:00H - 17:30H

 

(+351) 212 353 547

  • Instagram
  • Facebook
  • Linkedin

© 2013 by AVIPE