Inspeção de Viveiros Vitícolas 

A Engª. Ana Teresa Cavaco da AVIPE é certificada pela DGAV, ao abrigo do Decreto-Lei 194/2006 de 27 de setembro, para realizar inspeções de campo e de materiais vitícolas e colheita de amostras.

A certificação dos materiais de propagação de videira estabelecida no Decreto-lei nº 194/2006 de 27 de setembro, estabelece regras e condições para as culturas, os materiais de propagação, o acondicionamento e a etiquetagem devem obedecer, visando a produção de materiais com garantia varietal e sanitária, tendo em vista a preservação da qualidade na instalação das vinhas de produção de uvas.

Além das condições exigidas no Decreto-lei acima mencionado, as culturas e os materiais de propagação de videira, devem cumprir os requisitos estabelecidos no Decreto-lei nº 154/2005 de 6 de setembro, republicado pelo Decreto-lei nº 243/2009 de 17 de setembro, no que respeita à isenção de organismos prejudiciais.

Vinha mãe de porta enxertos e garfos

A inspeção às parcelas é realizada consoante a periodicidade definida no Artº. 21 do Dec. Lei 194/2006

Viveiros para produção de bacelos e bacelos enxertadas

A inspeção aos porta enxertos (bacelos) é realizada de Julho a Setembro e aos enxertos prontos (bacelos enxertados) entre Julho e Outubro