Região

Caracterização climática

 

  O clima do Sul de Portugal, é tipicamente mediterrânico, com um Verão quente e seco, alternando com um Inverno relativamente frio e chuvoso. No entanto, a influência da situação geográfica determina a existência de um elevado número de condicionantes climáticas que originam características particulares a cada região.

    A humidade relativa média anual situa-se entre os 75% a 80%, o que reflecte a proximidade ao mar da região, apresentando valores mais baixos nos meses de Verão, principalmente às horas de maior calor. Os ventos dominantes sopram dos quadrantes Norte, Noroeste e Oeste com velocidades médias de 11 Km/h

    A região, apresenta valores de insolação (n.º de horas de sol) elevados - 220 horas - sendo os valores de Verão superiores a 300 horas de sol por mês.

    Os valores médios de precipitação anual variam entre os 550 e 750 mm, apresentando uma distribuição ao longo do ano semelhante à do país, sendo os meses de Junho a Agosto os de maior déficit hídrico, devido também à reduzida capacidade de retenção de água dos solos.

      Em termos de temperatura, registam-se valores relativamente elevados nos  meses  de Verão (25 a 28 ºC), sendo  as  zonas    de  Vendas Novas  e de

Alcácer do Sal as mais quentes, com temperaturas médias que podem atingir valores próximos de 30 ºC.

     Nestas duas zonas verificam-se maiores amplitudes térmicas, principalmente de Verão, devido à influência da continentalidade que já aí se verifica, marcando os respectivos climas.

      Em termos de geadas, estas ocorrem com maior frequência nos meses de Janeiro, Fevereiro e Dezembro. No entanto, nas zonas de  Alcácer do  Sal e

principalmente de Vendas Novas ainda se verificam ocorrências de geadas nos meses de Março e Abril, com valores da ordem dos 4 dias de geadas por mês, o que pode acarretar problemas na cultura da vinha já que esta, nesta época do ano se encontra em fases iniciais de abrolhamento, numa altura bastante sensível à ocorrência de queimas por acção da geada.

Pela classificação de Koppen, o clima da região é do tipo Csb: clima temperado com chuva e sem queda regular de neve; quantidade média de precipitação no mês mais seco inferior a um terço da do mês mais chuvoso e inferior a 40mm; estação seca no Verão com temperaturas médias do ar superiores a 22ºC no mês mais quente (havendo mais de quatro meses em que são superiores a 10ºC) e compreendidas entre 0 e 18ºC no mês mais frio.

 

 

Caracterização litológica e pedológica

 

  A região é bastante homogénea em termos geológicos, possuindo apenas formações sedimentares do Pliocénico e do Plistocénico a que correspondem areias, calhaus rolados, arenitos e argilas. Estes materiais deram origem a solos de textura ligeira com diversos graus de evolução.

  Em termos pedológicos, os solos mais frequentes na região são os Podzois (PZ). Estes  dominam  nas  zonas de Alcácer do Sal, Moita, Palmela  e Vendas Novas. São solos relativamente profundos, de textura muito ligeira e baixo teor de matéria orgânica nas camadas superficiais, pois devido à intensa lixiviação esta migra para horizontes inferiores, onde se acumula e pode formar impermes. Nos primeiros 50 cm o solo é muito pobre em minerais, tem pH ácido e uma capacidade de campo muito baixa.(Cardoso, 1965). Estas características originam deficiências hídricas acentuadas nos meses de Verão.

   Verifica-se assim que os solos da região são, na grande maioria de textura ligeira (arenosa), com uma relativa heterogeneidade, encontrando-se em curtas áreas variações na textura ( manchas de solo ), com agregação nula ou muito reduzida, pobres em minerais, com pH relativamente ácido ( 5 a 6 ) e com baixa capacidade de retenção de água.

 

​​

​​R. D. João de Castro, 12 Loja

2950-206 Palmela

Portugal

 

09:00H - 12:30H

14:00H - 17:30H

 

(+351) 212 353 547

  • Instagram
  • Facebook
  • Linkedin

© 2013 by AVIPE